Relatos do Parto do Pietro

maio 26, 2020




A gestação do Pietro foi bem difícil muito enjoo, repouso, pressão baixa, desanimo e tantas outras coisas.
Ao contrário da gestação do Ky dessa vez eu só queria e sentia a necessidade de ficar deitada. E devido a isso me movimentei pouco nos 09 meses, e isso fez com que meu parto também fosse totalmente diferente do primeiro então vamos lá que eu vou contar tudo.
Dia 25 de março,  acordo levemente mais cansada que o normal e com algumas dores estava entre o prazo da obstetra do dia 25 ao dia 05 de abril que o baby poderia nascer sendo assim fiquei em alerta.
Tomei meu café da manhã, e segui minha rotina normalmente por volta das 11h da manhã fui tomar banho e vazou um pouco de agua como foi muito pouco não me importei achei normal, devido a antiga experiência que tive.
Passou por volta das 13h e pouco mais um pouco de agua havia vazado, totalmente relaxada e de boas, conversei com minha mãe que estava em casa pra cuidar de mim na reta final e uma tia que estava de visita e decidi ligar pro meu marido pra irmos a maternidade por volta das 15hrs chego na maternidade de boas, sem quase dor alguma e peço uma consulta com o obstetra de plantão entro na sala e comento com foi minha manhã e meu dia até ali ele tranquilo me fala a tudo bem então provam entente  foi só um alerta, pede então para me examinar e no mesmo instante ele me diz mãe esse menino quer nascer, já todo destilado e pronto para nascer.
Ele até brinca comigo, como você está tão calma assim? Tá tudo bem mesmo? Nenhuma dor nada e respondo brincando nada doutor estou tranquila.
Ele então se despede e as enfermeiras começa a cuidar de mim, já subo para sala de parto e começo a me preparar.
Nesse dia tive sorte que tinha doulas pela maternidade e algumas delas cuidaram de mim. Me fizeram fazer exercícios pra relaxar e preparar melhor o nascimento do Pi fiz varias coisas bacanas e minha experiência foi ótima, tomei um banho e fiquei ali aguardando a vontade de Deus e do meu pequeno, tiramos fotos com as enfermeiras e doulas e fiquei ali só no aguardo.
Ops, as contrações começaram a surgir mais fortes. Acho que é a hora.
Que nada foi alarme falso, ops mais uma, agora cada vez mais frequente vai nascer.
Lá pronta pro meu menino nascer, tento contrações surreais (do Ky não tive nada de dor) grito, choro e nada do meu baby querer sair, aperto a mão  do Elias que dessa vez 10 anos depois pode estar comigo na sala do parto.
Mais algumas dores eu já exausta de tanta força porque meu pacotinho não estava querendo nascer ouço um chorinho e simplesmente meio que desmaio  na cama de tanto cansaço foi os 30/40 minutos mais intenso da minha vida e as 17h35m meu pacotinho nasceu com saúde, lindinho, moreninho que nem o pai e com uma manchinha na bundinha que é seu charme.
Peguei no colo, e ali nasceu a mãe do Pietro junto a ele quando nosso olhar se cruzou.

Posso dizer que dali em diante eu precisava descansar e enquanto a enfermeira cuida do meu pacotinho eu descansei um pouco.
Mais logo ele estava no meus braços pra todo sempre, ali todo lindo cheiroso  e meu filho <3

O Pietro não foi planejado foi uma imensa surpresa e no início não curtir muito a ideia de começar tudo de novo, mais hoje eu sei que sempre quis esse menino e Deus sabia disso e me envio o pacotinho mais gostosos desse mundo. 

3 comentários:

  1. Oi, Carina!
    Ai, que INCRÍVEL que tinham doulas por lá disponíveis pra te ajudar no parto... Ter um apoio assim, que está ali justamente para que a coisa saia do seu jeito, deve fazer toda diferença!
    Que bom que Pietro chegou bem, lindo e saudável! Mesmo que seja um processo difícil, vocês vão vivê-lo juntos, que é o mais importante!

    ResponderExcluir
  2. Que legal seu relato. Não está nos meus planos ter filhos tão cedo e pelo seu relato, apesar do momento do parto, seu dia foi bem tranquilo até, acho que eu teria ficado muito nervosa mas também creio que seria mais pelo fato de ser o primeiro. Como já era o seu segundo, já sabia o que esperar né.

    ResponderExcluir
  3. Eu amo ler ou ver no youtube relatos de parto
    eu não sou mãe e não pretendo ter filhos no momento mais eu amo demais saber a respeito sobre esse momento de ter filhos, eu gostei do seu relato graças Deus ele veio com saude.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.