Um ano diferente

maio 20, 2020


Olá! Tudo? Hora de papearmos.

Eita que 2020 vem dando o que falar não é mesmo? Temos o nosso querido presidente falando merda na televisão todos os dias e vários mortos com uma pandemia que nos assombra a algum tempo já.
Mas não estou aqui para falar de política, talvez um pouco sobre a quarentena que vivemos então vamos lá.
Vamos começar pelo começo em 2018 completei meus 30 anos e naquele ano tinha certeza que minha vida iria mudar, mas não mudar como Deus planejou e sim como eu planejei destes meus 19/20 anos.
Meus pensamentos: Oba agora o Ky completou seus 10 anos mais tempo para mim e para minhas escolhas, afinal já não tenho um bebê em casa e sim um mocinho posso parar de ser a mãe babona e começar meu projeto mulher empreendedora.
Planos de Deus:  Agora que não tem mais um bebê que tal receber um anjinho na sua casa para cuidar, amar e mimar já que o mais velho não está com você 24 horas .
Sim, em 2018 depois de 10 eu descobri que estava grávida foi um choque no início e meus planos, ah meus planos foi adiado em meio a um sonho sendo tirado do papel que era meu pequeno estúdio e minha lojinha virtual ali a um pouco mais de ¾  meses de tudo pronto ou quase pronto eu descobri que estava grávida,  desanimei  de  tudo,  não tinha animo e nem vontade para nada;
Dois anos passou e hoje com 32 e decidi que faria meus planos se tornar reais que não poderia focar 100% minha vida na maternidade como fiz a 10 anos atrás porque agora o tempo não era o mesmo e meus sonhos tinha pressa.
Foi ai que criei o projeto “ O MELHOR ANO DA MINHA VIDA” lancei aqui no blog e no instagram mais sei lá a galera não estava na mesma vibe e acabei arquivando os post, mas pensei comigo elas ainda podem ou querem esperar para ter um ano foda eu não, eu quero que esse ano seja foda. E depois de uns dois meses voltei e ativei no meu pensamento meu ano fodastico e olha tá foda em, nem eu imaginei que mudaria e tiraria de vez a bunda da cadeira para ir atrás do que eu quero.
Tenho me surpreendido que nessa pandemia que vivemos, nesse momento de isolamento eu tenha aprendido e o melhor me redescoberto de formas que nem eu mesma imaginava.
Por aqui redescobri meu guarda roupa, aprendi novos hábitos alimentares, descobri meu verdadeiro proposito de vida e por ai vai a mudança e a vontade de fazer 2020 ser o meu melhor ano está sedenta em mim e mesmo que tenha dias que só quero ver u filme ou uma serie na netflix eu sei que meu tempo não está apenas sendo ócio que ali por trás tem coisas mudando.
Enfim, já falei demais não é mesmo? Então só pra encerrar fica por aqui e não me abandona porque vamos ter  conteúdo que pode dar uns insigths em você ai do outro lado da tela.

Beijos de luz, até quarta <3

4 comentários:

  1. Oiii essa e minha primeira vez aqui no blog, e estou amando ^^ então achei qe esse ano seria o meu ano fodastico, não esta saindo como planejei mas estou tentando fazer o máximo que posso nessa quarentena fazer que esse ano pelo menos não fique em vão, eu mudei meu visual estou construindo minha casa sim mesmo de quarentena estou fazendo isso claro, tomando as precauções rs. amiga faça desse ano o seu ano fodastico. #tocomtigo

    ResponderExcluir
  2. Oiê! Realmente, eu acho que não devemos parar a vida por conta de filhos, só em casos específicos, mais aí vai de cada um, né?
    Fico muito feliz em ver que você está correndo atrás do que quer, descobrindo coisas novas e que descobriu o seu propósito de vida (isso é demais!). Espero que você consiga ir ainda mais longe e alcançar todos os seus objetivos. Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Meu irmão é 11 anos mais velho que eu, então aqui em casa foi vivenciada essa diferença, hehe Também estou me redescobrindo nessa pandemia, é um momento muito dificil mas também de muito aprendizado.

    ResponderExcluir
  4. Realmente, as coisas que planejamos pra nossa vida nem sempre estão alinhadas com os planos de Deus, né? Mas acredito que tudo acontece por um motivo. Assim como você, essa época de quarentena me fez repensar muitas coisas, muitas atitudes e pensamentos que eu vinha tendo. Redescobri minha paixão por cozinhar (não por obrigação, mas por lazer mesmo), voltei a gravar meus covers, a escrever mais... Enfim, tô me reconhecendo. Espero que depois dessa loucura toda, possamos sair disso com seres humanos melhores!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.